quarta-feira, 24 de agosto de 2016





Foto de Chema Madoz


DESEJO
Quero um homem coberto de vento
um homem que traga o mundo
na ponta da língua azulada
e que chupe distraído
cerejas no meu ventre.
 
Um homem aquático
parido sem pressa
no tambor do tempo
e que não guarde remorso
pela terra destruída.
 
Um homem leve


que ao tocar o chão


destrua as histórias inventadas


multiplique os cegos de nascença


e desapareça no ar.




Nenhum comentário:

Postar um comentário